Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Rosa de Saron


Rosa de Saron é uma banda Católica de rock formada dentro do movimento de Renovação Carismática Católica em 1988, na cidade de Campinas.

História

No final da década de 1980, o grupo inicialmente tocava durante as missas e no grupo de jovens na Comunidade católica Menino Jesus de Praga, no bairro Cambuí, em Campinas, São Paulo. Em meados dos anos 1990, os integrantes da banda Rosa de Saron decidiram usar o rock pesado para evangelizar e de certa forma alavancarem o circuito do rock católico. Nesta fase a banda era formada por Marcelo "Tchelão" Machado (vocal), Alessandro (bateria), Eduardo "Duzinho" Faro (guitarra), Alex Nozaki Mota (guitarra), Rogério "Cazuza" Feltrin (baixo) e Eduardo Bortolato (teclados).

Em 1994 foi gravado o primeiro álbum da banda, o Diante da Cruz. O disco possui nove faixas e é considerado o primeiro CD de Heavy Metal/Hard Rock católico do mundo[carece de fontes?], por isso este disco tornou-se um referencial no meio religioso. Suas letras falam de fatos presentes no cotidiano de muitos, como "Mentiras da Agulha" (sobre as drogas), "Latas Retorcidas" (que fala sobre os pegas e rachas de automóveis), "Diante da Cruz" e "Sangria" que, ainda hoje é tocada praticamente em todos os shows. Este disco despertou a atenção no meio católico e também no meio secular.

Este álbum foi lançado de forma independente em vinil e cassete em 1995. No ano de 1996, com a fundação da Codimuc, o trabalho foi relançado, agora em CD e distribuído de maneira mais ampla, dando muita força à banda. Iniciava-se então uma importante parceria entre a Codimuc e a Banda Rosa de Saron que permanece até os dias atuais.

Após este cd, Alex Nozaki deixara a banda, e Welington Greve (Grevão) assume a bateria no lugar do Alessandro. Em 1997 a banda lança o disco Angústia Suprema. Apesar de ser o segundo trabalho da banda foi o primeiro a ser gravado em um esquema 100% profissional, com bateria acústica e com a produção de Daniel Stiling, um dinamarquês especializado em som pesado e que além de produzir auxiliou também na criação de muitos arranjos. Esse trabalho trouxe novidades e principalmente qualidade em termos de áudio naquela época, além de contar com um belo trabalho gráfico. Possui dez faixas, entre as quais estão "Olhos Vermelhos", "Chance", "Século I", "Anjos das Ruas" (sobre as populações que vivem nas ruas das grandes cidades) e "Angústia Suprema". Há ainda a faixa "Carregue os Feridos", versão de uma música do Tourniquet.

Em 1998, a banda comemorou seus 10 anos de estrada. Um ponto marcante desta comemoração foi um show no Parque do Taquaral, em Campinas, onde também foi o primeiro festival de rock católico da história, além da presença da Banda Rosa de Saron, estiveram Eterna, L.O.V.E, Cristoatividade, etc.

Neste mesmo ano Eduardo Bortolato deixou a banda para iniciar um trabalho de dance music, o Heavens Dance. A partir de 1999 começam a ocorrer mudanças no som da banda, além do metal a banda passou a admitir outras vertentes do rock. Foi nesse ano que eles gravaram o primeiro single católico, o Olhando de Frente, que teve um pré-lançamento em um show da banda na Canção Nova, em Cachoeira Paulista, em 25 de junho de 1999. Este CD é raríssimo, pois foi lançado apenas em uma edição especial e rapidamente sua tiragem foi esgotada.

Pouco tempo depois Marcelo Machado deixa o Rosa de Saron para continuar seu trabalho com o The Flanders, pois já estava ficando difícil conciliar os compromissos com ambas além dos compromissos pessoais. Inicia-se assim um trabalho de seleção de um novo vocalista, esta árdua tarefa durou meses até que houvesse a escolha do Guilherme de Sá, atual vocalista da banda.

A banda ficou um bom tempo sem lançar um novo trabalho, pela fase de transição que ela passava e também pelo tempo que os seus integrantes dispunham. Já havia na banda difentes influências em relação ao último disco Angústia Suprema, que unidas às influências do Guilherme, resultou em um disco que narra um tempo de provação e reencontro, o Depois do Inverno, lançado em 2002. Este álbum contou com a presença de Paulo Faganello nos teclados, e conta com 12 faixas como "Tudo o que Não Soube Ver", "No Meu Coração", "Parusia", "Muitos Choram" e "Apenas Uma Canção de Amor". Este disco consagrou a banda no cenário católico, marcando a nova fase do Rosa de Saron.

Em 2005, a banda lança o Casa dos Espelhos, um outro disco de sucesso total e que garantiu a banda o topo de várias paradas de sucesso como "Obrigado por Estar Aqui" e "Dores do Silêncio". O lançamento do CD ocorreu no Hopi Hari e contou com a participação de vários nomes da música católica. O CD é um pouco mais pop que os anteriores, mas não deixou de lado a pegada rockeira.

Em 2006 era esperada a gravação do primeiro DVD da banda, e que provavelmente seria lançado no primeiro semestre de 2007. Este DVD seria lançado em formato acústico, e o projeto já estava em andamento. Mas devido a uma reestruturação em todas as áreas da Codimuc, o sonho teve que ser adiado, não cancelado. Como narrado mais à frente, a gravação viria realmente a acontecer em 2008, em comemoração aos 20 anos da banda.

Em fevereiro de 2007, a banda Rosa de Saron entrou em estúdio para gravar um CD acústico pela gravadora Codimuc. Com produção musical de Guilherme de Sá, direção de voz de Karla Fioravante e produção executiva de Eraldo Mattos, o CD conta a com participação especial da cantora Eliana Ribeiro, da Comunidade Canção Nova, na música Anjos das Ruas. Novamente a banda vem inovando o cenário de música católica brasileiro, lançando o primeiro álbum acústico. O CD conta apenas com uma música inédita, "Monte Inverno" e outras 13 regravações de grandes sucessos da banda.

Dia 16 de Abril de 2008, na cidade de Valinhos, interior de São Paulo, no Auditório da TV Século XXI, foi gravado o DVD "Rosa de Saron - Acústico e ao Vivo". O DVD conta com 19 faixas, entre versões acústicas de vários sucessos da banda (13 canções do CD "Acústico" regravadas ao vivo, e mas 3 que não estavam no CD de estúdio), uma versão do clássico "Te Louvo em Verdade", de Martin Valverde, e duas músicas inéditas: Rara Calma e Como eu te vejo. Participaram como convidados especiais: Eugênio Jorge (Mensagem Brasil), Aura Lyris (Beatrix), Demian Tiguez (ex-Ceremonya, atual Anjos de Resgate) e Rafael Almeida, cantor e ator da Rede Globo que é fã confesso da banda.

Em julho do mesmo ano, Rogério Feltrin, baixista e fundador da banda, publicou o livro Rock, Fé e Poesia, no qual conta a história dos 20 anos do Rosa de Saron e de cada música da banda.

Em janeiro de 2009, a Som Livre, gravadora pertencente às Organizações Globo, passou a distribuir o DVD "Acústico e ao Vivo" em parceria com a Codimuc, iniciando assim uma nova fase na carreira da banda, com expressiva divulgação no meio secular. Após a veiculação de comercial na TV, as músicas da banda passam rapidamente a alcançar os primeiros lugares em famosas rádios virtuais e vários sites de cifras e letras da internet.

Formação atual
Guilherme de Sá (voz e violão)
Eduardo Faro (guitarra)
Rogério Feltrin (baixo)
Welington "Grevão" (bateria)

Músico Convidado
Gustavo Leite (teclados)

Ex-integrantes
Marcelo Machado (Tchelão) (ex-vocalista)
Alessandro (Sandão) (ex-baterista)
Alex Nozaki Mota (ex-guitarrista)
Eduardo Bortolato (ex-tecladista)
Paulo Faganello (ex-tecladista)

Discografia
1995 - Diante da Cruz
1997 - Angústia Suprema
1999 - Olhando de Frente (Single)
2002 - Depois do Inverno
2005 - Casa dos Espelhos
2007 - Rosa de Saron Acústico
2008 - Acústico e ao Vivo (CD e DVD)
Livro:2008 - "Rock, Fé e Poesia - 20 anos do Rosa de Saron narrados através de suas músicas"

Fonte: Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Rosa_de_Saron)


Sem Você
Rosa De Saron
Composição: Guilherme de Sá

Minha vida, minha história
Só fez sentido quando te conheci
Seus olhos, sua face, me levam além do que pensei
Se às vezes me escondo, em você me acho
Nem dá pra disfarçar
Preciso dizer: você faz muita falta
Não há como explicar...

Foi sem você que eu pude entender
Que não é fácil viver sem te ter
Meu coração me diz que não
Eu não consigo viver sem você, sem você

Minha vida, minha história, só fez sentido, quando te conheci
Seu olhos, sua sagrada face, me levam além do que pensei
Se às vezes me escondo, em você me acho, nem dá pra disfarçar...
Preciso dizer, você faz muita falta,
Não há como explicar...

Foi sem você que eu pude entender
Que não é fácil viver sem te ter
Meu coração me diz que não
Eu não consigo viver sem você, sem você...
Nunca sem você
Meu senhor, meu senhor eu não sou nada,

Sem você, sem você...



Rosa De Saron - SEM VOCÊ

Efésios 6, 10-20

10 No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.

12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

13 Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.

Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
a href="http://4.bp.blogspot.com/_0pGV9LOAiXA/Sju_Jakpa7I/AAAAAAAAAHk/nmJGNMYoQkY/s1600-h/sagrado.jpg">
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;

16 Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
a href="http://3.bp.blogspot.com/_0pGV9LOAiXA/SjvAMud3H7I/AAAAAAAAAH0/sInIEXMCteM/s1600-h/y1p1jYxhthHO-sWdEzHXoT6wfTwU4bp0aZ4AxACUtQr1I5bm5vEj7nXn4-S_3ktsP1T0kiD0h2tvZY.jpg">
17 Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;

18 Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
19 ¶ E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho,

20 Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Reflexão

Esse texto que vou postar logo abaixo não foi escrito por mim,eu recebi um panfleto que os evangélicos costumam entregar nas ruas, eu vou resumí-lo e o autor é desconhecido.

Um homem entrou na barbeária e pediu para que fosse feito a sua barba e cabelo.
O barbeiro durante o serviço começou a falar das barbaridades que acontece no mundo, como tempestades, guerras, fome, pais matando filhos e filhos matando pais, a falta de respeito das pessoas. E por fim disse que não acreditava que existisse Deus, pois se ele eistisse por que deixava que as pessoas passassem por tudo isso.
O homem com sua sabedoria olhou para rua e viu um homem com uma barba enorme e os cabelos que não via uma tesoura há tempo, se tratava de um morador de rua, e disse.
-Creio que também não existe barbeiro.
-Como, eu sou barbeiro e o senhor estar no meu estabelecimento.
-Está olhando para aquele homem com a barba e o cabelo por fazer, se ele está assim é por que não existe barbeiros. Deus deu o livre arbitrio para escolhemos, a humanidade não tem agradado a Deus. Deus pode acabar com tudo isso, mas deixou que homem tivesse por livre expontânea vontade de querer Procurá-lo, assim como esse homem, ele pode vim aqui com as esmolas que recebe pagar ao senhor para fazer a barba e o cabelo, mas isso tem que parte da escolha dele.